Facetelling®: Meghan Markle

Facetelling®: Meghan Markle

By: Cris Alves

Meghan Markle e Príncipe Harry casaram-se em 19/05/2018. De lá para cá, o casal tem sido alvo dos holofotes por diversas razões (muitas delas, as mais “nobres” possíveis, no sentido mais amplo da palavra). Recentemente, os dois voltaram a ser o centro das atenções da mídia global por terem abdicado de suas obrigações junto à família real britânica. E Meghan, em sua fase mais plena no período pós-maternidade, confirmou ao público que veio para revolucionar e mudar paradigmas da realeza.

Sob o ponto de vista da Facetelling®, o rosto hexagonal de lateral reta dela é a expressão de um misto de linhas retas e inclinadas, responsáveis por representar o equilíbrio entre o dinamismo e a força no conceito de beleza contemporâneo.

Costumo dizer que o “hexagonal é o novo oval”. Eu explico!

Até um certo tempo atrás, a forma de rosto oval era a mais valorizada como padrão estético, justamente por ser considerada a mais equilibrada em termos de proporções. A falta de arestas e ângulos da forma curva coincidiu com o ideal de beleza feminina em um época em que não se esperava das mulheres o protagonismo que elas têm hoje. A mudança de comportamento social levou também a uma mudança no estereótipo de beleza. À medida em que a mulher se emancipou, rostos mais angulosos passaram a simbolizar a força e o dinamismo esperados dela atualmente. Por isso, a substituição da forma de rosto oval por outras em que as projeções ósseas são mais evidentes (retangular e hexagonais, por exemplo). 

Voltando ao rosto de Meghan… As linhas inclinadas – femininas e sexy – ainda se encontram nos olhos amendoados e próximos, nas sobrancelhas arqueadas e no queixo triangular. O conjunto da feminilidade se completa com a boca bem traçada, em que o “arco do cupido” aparece bem desenhado nos lábios volumosos. A linha circular na raiz do cabelo aponta para o lado sensível e maternal das pessoas e é outra energia bem feminina no visual dela.

Traço que aponta para a força na imagem? O ângulo da mandíbula bem definido, que me parece ainda não ter sido esculpido por preenchedores faciais (ácido hialurônico, técnica de MD Codes e afins), pois eu a acompanho há um bom tempo, desde o primeiro episódio do seriado Suits, e não percebi nenhuma diferença desde então. 

As fotos mais antigas também confirmam essa observação. De lá para cá, a atriz perdeu peso e, isso sim, foi o que deixou suas projeções ósseas mais aparentes. 

O perfil seria super “harmônico” (como diriam meus amigos dermatologistas), não fosse a pontinha do nariz circular antecedida por um sulco que a enfatiza. Mais charmoso ainda ele fica por conta da naturalidade com que Meghan carrega esse traço “fora das proporções”, bem como as suas sardas. 

“Comum” e bela.

Happy Meghan Markle GIF by Wimbledon - Find & Share on GIPHY

 

(Imagens: GIPHY, Pinterest)

Um beijo,

Voltar à página inicial